Amigos que me acompanham

sexta-feira, 11 de agosto de 2017

Chipre

Dedal em metal com o mapa de Chipre num escudo. 

****************
O Chipre (em grego: Κύπρος; transl.: Kýpros pronunciado: [ˈcipros]; em turco: Kıbrıs pronunciado: [ˈkɯbɾɯs]), oficialmente República do Chipre (em grego: Κυπριακή Δημοκρατία; transl.: Kypriakí Dimokratía; em turco: Kıbrıs Cumhuriyeti) é um país insular no leste Mar Mediterrâneo, ao largo das costas da Síria e Turquia. O Chipre é a terceira maior e mais populosa ilha no Mediterrâneo e um Estado-membro da União Europeia desde 2004. Ele está localizado ao sul da Turquia, a oeste da Síria e do Líbano, a noroeste de Israel e da Palestina, ao norte do Egipto e a leste da Grécia.

A mais antiga actividade humana conhecida na ilha data do 10º milénio a.C. Vestígios arqueológicos deste período incluem a aldeia neolítica bem preservada de Choirokoitia e o Chipre é o lar de alguns dos poços de água mais antigos do mundo. O país foi colonizado por gregos micênicos em duas ondas no 2º milénio a. C. Como uma localização estratégica no Oriente Médio, a ilha foi posteriormente ocupada por várias grandes potências, como os impérios de assírios, egípcios e persas, de quem o território foi anexado em 333 a. C. por Alexandre, o Grande. O país depois foi dominado pelo Egipto ptolemaico, pelo Império Romano e pelo Império Romano do Oriente, por califados árabes por um curto período, pela dinastia francesa Lusignan e pelos venezianos, seguido por mais de três séculos de domínio otomano, entre 1571 e 1878 (de jure até 1914).
Texto: Wikipédia

domingo, 6 de agosto de 2017

Arraiolos

 Dedal em porcelana de Arraiolos vila portuguesa situada no Distrito de Évora, muito perto de Montemor-o-Novo. Como terra do interior nesta altura do ano "Verão" as temperaturas são escaldantes.


Monumento numa rotunda perto do seu belíssimo castelo e que é dedicado ás coisas de Arraiolos, aos seus tapetes e à decoração no mobiliário.
Arraiolos, 04 de Agosto de 2017

Escudo da Galiza


Dedal em porcelana com o brasão da Galiza.

O brasão de armas da Galiza inclui, limitado num campo de azure, um cálice de ouro com uma hóstia de prata, acompanhada por sete cruzes, três em cada lado e uma ao centro do escudo.

A coroa gules, é limitada num anel dourado cravejado de pedras preciosas e feita de oito folhas de acanthus, cinco das quais visíveis. Cada folha é constituída de pérolas, a partir das quais, cinco tiaras partem para convergir num globo azure, com o semi-meridiano e o equador em ouro, encimado por uma cruz dourada.
Texto: Wikipédia
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...